, ,

9 sinais que mostram que o estresse está te deixando muito doente, veja

Estresse é um grande problema na vida de muitos brasileiros, devido a horas exaustivas de trabalho e muito cansaço, vários problemas decorrentes disso vem surgindo em muitas pessoas.
Você sabia que alguma coisa no seu corpo pode ser por conta desse fator?! Busque sempre fazer exercícios e acalmar seus ânimos para aliviar os índices de estresse no corpo.
Veja alguns motivos abaixo

Bolinhas por todo corpo

Se seu corpo esta coberto de brotoejas ou bolinhas vermelhas repentinamente, o estresse pode ser o grande culpado. Quando o corpo recebe estresse em excesso (por um período curto ou longo), seu sistema imunológico fica descompensado e seu corpo começa a liberar histamina para te curar. Se o estresse não quer ir embora, você está basicamente desenvolvendo uma reação alérgica e começa a causar bolinhas. Quando a sua imunidade está baixa pelo estresse, sua pele pode ficar sensível a coisas que antes não ficava e causar irritação, Ex: sabonete, calor e frio, perfumes ou sabão para roupas e etc.
 

O PESO COMEÇA A VARIAR COM FREQUÊNCIA

 
“O estresse libera o hormônio cortisol, que enfraquece a capacidade do corpo para processar o açúcar no sangue e também a forma como você metaboliza gorduras, proteínas e carboidratos, o que pode causar ganho ou perda de peso”, O estresse também pode levar pessoas a hábitos alimentares diferentes, como comer eu demasia, ou muito pouco.
 

RESFRIADO COM FREQUÊNCIA

 
O estresse reprime o sistema imunológico, o que pode fazer você adoecer com mais facilidade e te deixar com as defesas baixas para combater micro-organismos. “ Pode ser um resfriado ou gripe, que aparecem porque os sistema imunológico não tem força para lutar contra o vírus”.

DORES DE CABEÇA FREQUENTES

 
Se você anteriormente não sentia dores de cabeça e, repente está sempre com ela latejando, pode ser estresse demais. Isso libera substâncias químicas que alteram os nervos e vasos sanguíneos no cérebro, o que faz surgir a dor de cabeça. Você já tem pré disposição a enxaqueca? O estresse poderá piorá-la. Também é comum que os músculos fiquem tensos quando você está estressado, o que pode ser também a causa das suas dores de cabeça.
 
Seu intestino não funciona bem
O estresse pode abalar o funcionamento do seu trato gastrointestinal de inumeras formas. Pode fazer o corpo produzir mais ácido digestivo, o que causa azia. “Também pode causar ressecamento, o que causa gases e inchaço e também aumenta as contrações intestinais, o que leva a cãibras e até diarreia”.

COMEÇARAM A APARECER ESPINHAS NOVAMENTE

 
Seu rosto está cheio de espinhas, mesmo depois de já ter passado pela adolescência — e o estresse pode ser o causador. Quando estressado, seu corpo bombeia mais hormônios, como o cortisol, o que faz com que as glândulas da pele produzam mais óleo. Esse óleo em excesso fica preso nos folículos, juntamente com sujeira e pele morta, produzindo as espinhas.
 
(Foto: Reprodução)
 

SUA CABEÇA NÃO FUNCIONA COMO DEVERIA

 
Especialistas afirmam também que o estresse pode te fazer doente da cabeça. Muito cortisol pode dificultar a concentração, causar problemas de memória e ansiedade ou depressão.

QUEDA DE CABELO

 
Além de adrenalina, noradrenalina e cortisol, o trio hormonal estressante por natureza, situações que exigem demais da gente levam à produção de uma proteína chamada NGF. Ela provoca infamação em várias partes do corpo, inclusive nos folículos por meio dos quais nascem os pelos e o cabelo. Aí, eles caem em um ritmo muito mais acelerado do que o normal. “Uma dieta equilibrada, com frutas e vegetais, ajuda a diminuir a infamação”.
 

RANGER OS DENTES

 
Há uma forte associação entre o estresse e o ranger ou apertar demais os dentes, sobretudo na calada na madrugada. No final das contas, isso gera dor na face e na mandíbula. “A solução é usar placas de acrílico, feitas sob medida, para diminuir a pressão”, Utilizar o acessório reduz a dor e o desgaste dentário excessivo.
 
Qualquer dúvida deve ser tirada com um especialista, o blog shockei é de notícias, em caso de dúvidas procure seu médico.

Comentários